Home | Loja Virtual | Fotos e Vídeos | Campeonatos | Classificados | Matérias | Contato | Onde Pescar | Técnicas | Cursos e Palestras | Eventos | Destinos

Matérias

Mirante das Gamboas

Turma,
Estive no Mirante das Gamboas em Aracati para uma pescaria relâmpago ontem pela manhã. Estive lá a última vez em janeiro desse ano e como foi o início do período de chuvas peguei a água bem suja, o que dificultou um pouco a pescaria, mas mesmo assim tivemos boas capturas, com destaque para dois robalões de 8,5 e 10,5 Kgs. Vendo o vídeo do Rômulo e do Léo vi que era hora de tentar novamente alguma coisa por lá.

Chegamos na sexta a tarde e após arrumar a tralha voado começamos a pescaria no fim da tarde de sexta, só para esquentar. Como já era tarde, por volta de 17:00hs tive pouco tempo para tentar algo, mesmo assim com menos de 10 minutos de arremessos apareceu um belo robalo de 5 Kg, seduzido por uma Borá 12 da Lucky Moldes. As condições de água estavam ótimas, limpa e boa visibilidade. Saíram mais 3 robalos de até 2 Kg no shad e na Borá 10. Fim da pescaria de menos de uma hora com um bom saldo de 4 peixes. O dia seguinte prometia.


Robalo de 5Kg

Começamos o sábado estando no ponto de pesca as 04:45 da manhã com o dia amanhecendo. O pessoal do local fala que os robalões “encostam” próximo ao bombeamento do canal assim que o dia nasce até por volta das 07:00 quando dão uma sumida. Logo nos primeiros pinchos entra um robalinho de uns 3 Kgs para esquentar. Peixe fotografado e solto. Alguns minutos depois, ainda trabalhando a Borá 12 (branca e verde limão) um tranco seco seguido de uma corrida louca. Peixe bom na linha, várias arrancadas e um tempinho depois o robalão se entrega e prancha ao meu lado. Lindíssimo exemplar de 9 Kg! Fiquei eufórico pois ainda estávamos com menos de 20 minutos de pescaria.


Robalo de 9 Kg

Peixe solto e isca na água novamente onde se seguiu uma boa sequência de vários robalos de 2 kg a 5 Kg. O peixe não estava muito ativo, pois as capturas só aconteciam com muitas variações de iscas, velocidades de recolhimento e forma de trabalho. O tempo estava meio virado com uma chuvinha meio chata. Paramos para um café rápido as 07:00 horas, quando a chuva apertou um pouco e as 08:00 estávamos de volta, já num período do dia em que o peixe normalmente some por lá. Mesmo assim quem insiste geralmente é premiado. Logo no começo testando uma isca que não usava fazia um tempão, capturei em 3 arremessos dois bons pevas de 2 e 3 Kg. No quarto arremesso engata um bicho meio doido que toma logo uns 20 metros de linha numa única corrida. Brigava mais que o peixe grande do começo da manhã e ao final, depois de achar que fosse até uma caranha, vi outro robalão encostar, 7 Kg dessa vez, mas brigou como um de dez. Pensei logo que esse peixe devia estar tomando as bombas do Rodrigo e do Rômulo. Briga boa demais!


Robalo de 7 Kg

Segui nos pinchos e ainda saíram mais dois bons peixes de 4 e 5 Kg, além da miudeza de até 3 Kgs. Encerramos a pescaria as 10:30 pois o sol esquentou e guela secou. As skolzinhas estavam esperando e era quase hora de ir embora. Os conjuntos usados foram uma vara Shimano Crucial de 5´9´´ e 17Lbs, com carretilha curado 200E7 abastecida com 120 m de linha Power Pro de 20Lbs (Moss Green) e líder de fluorcarbon de 30 Lbs. Uma Crucial de 6´ e 12Lbs, com molinete Shimano Biomaster 1000 abastecido com linha Varivas 20Lbs e líder de 30 lbs. As iscas mais produtivas foram as Borás 12 e 10 (verde limão com branco), Vision 110 e X80 ambas da Megabass (verde limão com branco) e shads na cor verde limão (Chart Gliter). Balanço geral da pescaria com 15 peixes capturados,  e destaque para dois de 4Kg, dois de 5 Kg, um de 7 Kg e um de 9 Kg. Os demais variando de 2 a 3 Kgs. Somente robalos entraram.

O hotel Mirante das Gamboas tem uma boa estrutura com apartamentos de chalés, restaurante e parque aquático. Fica em Aracati a 150Km de Fortaleza. Esse hotel pertence a um grupo que possui uma das maiores fazendas de camarão do país, a Compescal. A fazenda é vizinha ao hotel e os hóspedes que quiserem pagam uma taxa de R$ 100,00 para ter acesso ao canal de abastecimento da fazenda onde temos a pescaria. O canal de abastecimento tem uns 1500 m de extensão, por 20 a 30 m de largura e profundidade que varia de 3 a 1m.


Trecho do canal de abastecimento onde é feita a pescaria

Não há estrutura de enganchos, paus e pedras para o peixe escapar. Esse canal recebe água por bombeamento desde 1997 e nunca foi seco. Tem muito alimento (peixes forrageiros) e os grandes predadores como robalos, caranhas, tarpons e xaréus vivem confinados nesse ambiente protegidos de pesca predatória em virtude de estarem numa área particular e bem protegida. Não é como pescar num ambiente natural como um rio ou manguezal, mas pelo porte dos peixes é uma experiência muito agradável. Há ainda dentro da área do hotel três lagos artificiais de aproximadamente 2 hectares que tem também peixes interessantes como robalos, caranhas e baby tarpons de bom tamanho. Vale a pena conferir quando puderem, lembrando ainda que tudo isso fica a uns 15 Km de Canoa Quebrada que tem uma noite bem animada, além de excelentes pousadas e restaurantes.



Abs,

Yuri Mamede



Voltar
















Desenvolvido por OneWeb